Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

À Prova

Somos um jovem casal em que um fotografa, o outro escreve. Os dois provamos, aprovamos (ou não) e partilhamos. (A)Provem connosco!

Somos um jovem casal em que um fotografa, o outro escreve. Os dois provamos, aprovamos (ou não) e partilhamos. (A)Provem connosco!

À Prova

14
Mai18

Turismo Rural - Xisto Sentido

Publicado por | Published by aprova

Situado na pequena aldeia de Martim Branco o Xisto Sentido é um pequeno estabelecimento de turismo rural. Possui um pequeno pátio de convívio, uma sala de refeições, quatro quartos e uma envolvente deslumbrante. A 250 quilómetros de Lisboa este pequeno turismo rural é o refúgio ideal para quem tenciona fugir da confusão da capital.

 

 

Os quartos são situados em pequenas casas de xisto que foram remodelados há pouco tempo, dando assim aos quartos o conforto dos dias de hoje e o ambiente do passado. Todos os quartos têm uma salamandra, ideal para aquecer os quartos nas noites mais frias, e ar condicionado para refrescar os dias mais quentes. A casa de banho está longe de poder pertencer a um hotel de cinco estrelas mas tem tudo o que é necessário. No quarto onde ficámos alojados ainda tínhamos uma pequena sala de estar e um pequeno quarto com mais uma cama no piso de baixo (numa antiga loja, onde antigamente era colocado o gado para aquecer a casa).

 

 

Chegámos por volta das 17h, fomos pousar as coisas no quarto e ao falar com a funcionária que nos atendeu descobrimos que havia um pequeno passeio pedestre que poderíamos fazer antes de anoitecer, para descobrir um pouco da bela paisagem envolvente. 

 

 

 

Vale também a pena dar um passeio pela pequena aldeia e aproveitar para tirar umas fotos às antigas casas de xisto.

 

 

Após o passeio, e como o almoço tinha sido tardio, optámos por ficar pelo local e pedir apenas uns petiscos regionais para jantar.

Como o tempo tinha arrefecido, aproveitámos para acender a salamandra e sentar no pequeno sofá a desfrutar de um bom vinho regional acompanhado de enchidos e queijo caseiro. Para terminar comemos papas de carolo, uma sobremesa muito típica da região. As papas têm um sabor muito semelhante ao arroz doce, pois são feitas de forma semelhante, trocando o arroz pela sêmola de milho.

 

 

Foi sem dúvida uma experiência relaxante e revigorante.

 

(A)provado!

 

Segue-nos | Follow us

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo | Arquive

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D